quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Um CHAT escrito hispano-germânico em Português????

Olá!

Não é bem um desafio para a Escolaugusta, mas fiquei a pensar nesta história de falar pelos cotovelos e pelo teclado e blá blá blá e pensei (e penso raramente!): olha, Boralá, era giro fazer um chat com os alunos que estivessem interessados...

O que acham??? Pergunto aos escolaugustianos e aos cotovelianos...

Eu encarrego-me de encontrar um programa que dê e depois só temos que combinar um horário e uma data... Como só temos aulas à quarta-feira, das 19h às 20h30, teríamos que conversar/teclar durante esse tempo... Alguém tem disponibilidade??? Querem vir falar connosco???

A caixa de comentários é vossa... Aceitamos invasões pacíficas :-)

10 comentários:

juanlusz disse...

Olá a todos,
a ideia do chat é fantástica. O horário, se calhar, é um bocado reduzido. Há programas de chat on-line sempre abertos? Seria teclar nas aulas ou fora? Eu prefiro fora do horário lectivo. Computadores também não há muitos. Mas pronto, nada que não se possa resolver se o pessoal quer "interagir virtualmente". Até breve.
Ah, quantas turmas há lá na vossa escola? Os alunos são luso-descendentes? Qual é a cidade? Chega por enquanto :-)

juanlusz disse...

Olá Cotovelianos, tudo bem? Fazem de conta que falam pelos cotovelos? Nós cá não ouvimos nada :-)
Estamos à espera de saber como e quando é que o chat, ou lá o que possa ser, pode começar a andar.
Entretanto, deixamos um desafio (copio e colo do meu blogue): tenho um amigo portunhol raiano que compõe fados e lançou uma proposta: os escolaugustos e os cotovelianos podiam sugerir por escrito palavras, versos, estrofes ou poemas "fadistas" e, entre todos, criar a letra de um fado. A seguir, o nosso amigo vai compor a música, vai visitar-nos e vamos cantar todos na escola, real ou virtual, sim? Força, participem!
Bom Dia de São Martinho, boa castanha e bom vinho.
Bis bald.

boralá disse...

eu acho um óptimo desafio... já o transmiti aos restantes cotovelianos, que andam a mil por causa da aproximaçao do final do ano e balanços e contas e coisas assim... ah, e algum trabalho de casa LOL

juanlusz disse...

Ok, Boralá, ok Cotovelianos. O vosso fado poderia estar escrito até ao próximo Domingo 18? Acho que podíamos criar dois fados: um germânico e outro mediterrânico.
Abraço.

mb disse...

Alinhamos e aceitamos o dasafio.
Mas antes de começar a rimar, temos uma pergunta: O que significa "raiano"???
A professora diz que isso não é uma palavra portuguesa...

clu disse...

Ola Escolaugustos, para nos cotovelianos seria bom teclar nas aulas que normalmente sao as Quartas-feiras entre as 7 e 8:30 da noite... para voces tambem dava? E sobre o que e que querem falar?
Ah, ja nao posso continuar - o nosso fado toldou-me os olhos com lagrimas tempestuosas... de riso ;-)

juanlusz disse...

Olá mb, olá clu, tudo bem?
"Raiano" quer dizer "da raia, da fronteira".
Clu, teclar nas aulas acho que não vai dar. Vamos tentar encontar outra alternativa: trocar mensagens em ambos os blogues, sobre qualquer coisa, até arranjarmos uma solução melhor, ja?
Força e até breve.

boralá disse...

bom, então a palavra existia mesmo :P

nunca a tinha ouvido!!!

Abraços a todos os raianos dessas bandas...........

anita disse...

Olá cotovelianos,
sou Ana, uma aluna da escola de línguas de Mérida, Espanha. O meu professor é o Juanlusz, já o conehecem, não é?
Primeiro, queria felicitar os cotovelianos pelo blogue e ao Boralá, já um antigo colega que participa por vezes na "escolaugusta".
Também queria mostrar-lhes o meu fado à maneira de cumprimento para os luso-amigos da Alemanha.

Eis o meu fado espanhol
nem luso, nem alemão
que abre o grande coração
do Mediterrânico sol

São palavras na cabeça
que cantam pelas saudades
de entranháveis amizades
Deus queira que não me esqueça!

E se me esqueço algum dia
nessa altura fique doente
porque o esquecimento é erro
que não merece a gente

Irmãos somos do Alentejo
nossa antiga Lusitânia
e aos amigos da Alemanha
mandamos um grande beijo

Gostaram dele?
Pronto, o importante é que o fiz com carinho, não é?
Cumprimentos e até breve
Anita

boralá disse...

ó Anita,
que fado catita :)